DEVIDO À PANDEMIA DE COVID-19, nossos CULTOS ESTÃO SENDO TRANSMITIDOS ao vivo pelo Youtube

24/05/2021

Plano de Leitura Bíblica - 2021

24/05/2021

.
Bem-aventurados aqueles que lêem e aqueles que ouvem as palavras da profecia e guardam as coisas nela escritas, pois o tempo está próximo".


A partir do mês de junho deste ano, iniciaremos um Plano de Leitura Bíblica dirigido a todas as salas da Escola Bíblica Dominical de nosso Ministério Hefzibá, respeitando-se as peculiaridades do processo de aprendizagem das respectivas faixas etárias.

Ler a Bíblia não é uma faculdade, mas uma ordem para todos os que amam ao Senhor. Entendemos que o conhecimento de Deus está vinculado ao conhecimento da Bíblia como literatura celestial. A leitura bíblica não produz apenas um conhecimento de fatos, mas também eleva o coração do cristão para a revelação de Deus que se desenvolve para a consumação da obra da redenção por meio do Filho, o Verbo.

A Bíblia constitui uma unidade orgânica. Todo o seu conteúdo foi coordenado pelo olhar atento de Deus, que fez uso de homens escolhidos para registrarem, sem erro, a mensagem inspirada (II Timóteo 3:16 e 17; II Pedro 1:19 a 21). Os escritores sagrados testemunharam a harmonia orgânica dos registros supervisionados por Deus.
O fim da revelação bíblica é a salvação do homem e a restauração da criação de Deus.

Com o auxílio do Espírito de Cristo, que atuava em todos os profetas do Antigo Testamento, a leitura bíblica ganha outro significado. Segundo o Apóstolo Pedro, a salvação, por meio da graça, foi indagada e inquirida pelos profetas do passado, os quais testemunharam, de antemão, os sofrimentos e as glórias que acompanhariam a Cristo, mediante investigação atenta da ocasião ou das circunstâncias oportunas em que tais promessas se cumpririam no tempo (I Pedro 1:10 a 12).

Reiteradamente, em especial pelo testemunho da Igreja Primitiva no início da Era Cristã, a tônica da pregação dos apóstolos e dos discípulos estava essencialmente na revelação da Pessoa de Jesus como o Senhor e Cristo prometido no Antigo Testamento. Exemplificativamente, basta conferir as pregações de Pedro (Atos 2:14 a 36; 3:12 a 26; 10:34 a 43), Estevão (Atos 7:1 a 53), Filipe (Atos 8:26 a 40) e Paulo (Atos 13:16 a 41). Depois de Sua ressurreição,
ao revelar-se aos discípulos a caminho da aldeia de Emaús, o próprio Senhor também lhes ensinou o que dEle estava escrito na Lei de Moisés, nos Profetas e em todas as Escrituras (Lucas 24:25, 26 e 44 a 48). 

Portanto, ler é o primeiro passo para cumprir outra ordem bíblica: meditar na Lei do Senhor de dia e de noite (Salmos 1:1 e 2). Como conhecer a Bíblia sem ler suas páginas? Como meditar na Bíblia e em seus mandamentos, estatutos e princípios sem conhecê-la? Uma vida abundante espiritual está subordinada à leitura e à meditação das Escrituras. Ciente desta verdade irrefutável, o Salmista declara seu prazer e amor à Lei de Deus. As passagens a seguir, todas registradas no Livro dos Salmos (capítulo 119), declaram de maneira íntima a meditação prazerosa nas Escrituras:
 

(1) Versos 15 e 16:

Meditarei nos teus preceitos e às tuas veredas terei respeito.
Terei prazer nos teus decretos; não me esquecerei da tua palavra”.


(2) Verso 24:

Com efeito, os teus testemunhos são o meu prazer, são os meus conselheiros”.

 

(3) Verso 35:

Guia-me pela vereda dos teus mandamentos, pois nela me comprazo”.


(4) Versos 47 e 48:

Terei prazer nos teus mandamentos, os quais eu amo.
Para os teus mandamentos, que amo, levantarei as mãos e meditarei nos teus decretos”.


(5) Verso 92:

Não fosse a tua lei ter sido o meu prazer, há muito já teria eu perecido na minha angústia”.

(6) Verso 97:

Quanto amo a tua lei! É a minha meditação, todo o dia”!


(7) Verso 143:

Sobre mim vieram tribulação e angústia; todavia, os teus mandamentos são o meu prazer”.


(8) Verso 159:

Considera em como amo os teus preceitos; vivifica-me, ó Senhor, segundo a tua bondade”.


(9) Verso 163:

Abomino e detesto a mentira; porém amo a tua lei”.


(10) Verso 167:

A minha alma tem observado os teus testemunhos; eu os amo ardentemente”.


(11) Verso 174:

Suspiro, Senhor, por tua salvação; a tua lei é todo o meu prazer”.



Não há vida piedosa sem devoção sincera à Palavra de Deus. O retorno às Escrituras Sagradas, com oração fervorosa, é o caminho para o reavivamento da Igreja de Cristo em santidade. As reformas espirituais do Antigo Testamento foram precedidas do ensino da Lei de Deus, a exemplo das medidas empreendidas por Josafá (II Crônicas 17) e Josias (II Reis 22 e 23). Ler a Bíblia é o requisito central para que se conheça a Deus. O ensino de qualidade exige a leitura e a meditação da Palavra de Deus. Não se pode destilar doçura sem a leitura e o estudo reverente da Bíblia.

Nosso maior desafio está na adoção de uma postura bíblica firme e inegociável frente às facilidades que o sistema mundano mergulhado no pecado oferece à Igreja de Cristo. Um cozinhado de lentilhas, ainda que ofereça certo prazer e satisfação, não pode comprar nossa primogenitura, à semelhança do que fez Esaú (Gênesis 25:19 a 34).

Paulo exortou Timóteo, seu filho amado, a aplicar-se “(...) à leitura, à exortação, ao ensino” para pastorear a Igreja de Éfeso até a sua chegada, tornando-se “(...) padrão dos fiéis, na palavra, no procedimento, no amor, na fé, na pureza” (I Timóteo 4:12 e 13).
É notável, inclusive, que o próprio Apóstolo Paulo, ao final de seu ministério e às vésperas de seu martírio, tivesse pedido a Timóteo para que lhe trouxesse da casa de Carpo seus livros e pergaminhos, provavelmente com trechos do Antigo Testamento, pois queria se ocupar com a leitura! Que exemplo para ser seguido!

É o desejo do meu coração que este Plano de Leitura Bíblica, antes de ser um sacrifício pesaroso, seja o testemunho da alegria de conhecer e meditar na Palavra de Deus, que tem poder para curar a alma enferma, dar sabedoria aos passos cambaleantes, alegrar o coração entristecido, esclarecer o entendimento obscurecido, admoestar a mente duvidosa, adoçar o amargor dos dias do homem desesperançado e recompensar a vida cristã para a eternidade (Salmos 19:7 a 11).

Ao Senhor toda Glória!
 

Pastor Douglas Nomura
Pastor-Presidente



Veja mais publicações do Ensino Bíblico

Ministério Ensino Bíblico
2021
Casa de Oração Hefzibá - Igreja Pentecostal

 

VEJA TAMBÉM